Comunidade de atração de talento

ponto de encontro entre candidatos, empresas e instituições

Nova comunidade de atração de talento, ponto de encontro entre candidatos, empresas e instituições

O que está na base do nosso conceito?​

fenómeno da (r)evolução da relação empregado/empregador

Antes, era um privilégio uma empresa oferecer um emprego. O trabalhador submisso respondia ao anúncio que correspondia ao seu perfil, muitas vezes sem saber sequer qual era a empresa que o contratava. As entrevistas decorriam, como um processo de seleção natural, em que a empresa assumia o papel dominador. Ainda hoje muitas empresas, em processos anacrónicos, mantêm este papel.

Mas o "mercado de talento" está a mudar. A relação é agora mais equilibrada. Ambos, empregado e empregador, têm de apresentar a sua "proposta de valor", têm de ser "atrativos", e iniciar o seu "namoro", que resultará, não na "contratação", mas no "projeto de colaboração" com a empresa. E se atentarmos a mercados "aquecidos", como o das tecnologias de informação, a situação inverte-se e já observamos empresas a buscar candidatos com o mesmo procedimento que antes os candidatos buscavam as empresas... 

Nasce então o "EMPLOYER BRANDING" como forma de promover a atratividade das empresas.

 

O que temos realizado?

- Logo no seu lançamento promovemos em 2016 a International Job Fair, que foi uma feira de emprego inovadora, com o mote “Work in Portugal, Globally", assumindo-se como uma oportunidade de encontro ímpar entre estudantes "globais" e empresas "globais" localizadas em Portugal.

- Seguidamente realizámos dois eventos designados Employer Branding – Networking and Best Practices, onde se partilharam as melhores práticas entre empresas, universidades, estudantes e profissionais. O próximo evento será já em Janeiro de 2019.

- Mais tarde, desenvolvemos para a Câmara do Porto, o Mapa de Talento Porto Norte, estudo inovador que permitiu mapear a procura de talento pelas empresas da região e contou com a participação de mais de 50 empresas, estabelecimentos de ensino superior, IEFP e diversas entidades públicas e privadas. Este modelo também é aplicável às empresas.

- Ainda em 2017, e por sugestão das universidades, motivados pela lacuna de informação estruturada sobre empregadores e pelo facto dos candidatos serem cada mais exigentes na informação sobre as empresas, lançámos a 1ª edição do Diretório de Empresas e Feiras de Emprego, que foi um sucesso.

- A esta iniciativa juntámos a Feira das Feiras de Emprego de Lisboa e Porto, que vai já na 2ª edição, e permite aos melhores empregadores nacionais, conhecerem as atividades e feiras de emprego que as entidades do Ensino Superior e associações de estudantes realizam ao longo do ano, e assim planear a sua presença e conhecer pessoalmente os responsáveis.

Que iniciativas têm previstas para os próximos meses?

Iremos manter e reforçar as atividades acima descritas. Com o apoio de parceiros, iremos reforçar a nossa área de consultoria à atração de candidatos para empresas, nomeadamente através de consultoria dedicada, e suporte a campanhas de atração. Neste caso, incluem-se ser videos de atração, stands para feiras de emprego, animação em eventos, landing page ligada a uma campanha, etc.

No 1º semestre de 2019, em conjunto com a presença no site, iremos promover uma nova edição do evento de Employer Branding, que contará com case studys, melhores práticas e peer groups de empresas e “fontes de candidatos,” para potenciar a geração e atração de talento.

Registem-se no site e acompanhem-nos nas redes sociais e ficarão a par de todas as nossas atividades.

Atualizado em Outubro de 2018

Testemunhos de participantes (Youtube)

Aviso! Ao navegar no nosso site estará a consentir a utilização de cookies para uma melhor experiência de utilização.

Conheça as nossas Politicas de Privacidade aqui
OK