Header Menu -Talent Portugal/

Blip

News

20 hires

20 hires

19 November 2016


A Blip, hub tecnológico da empresa britânica de jogo online Paddy Power Betfair, investiu €2,5 milhões na construção de uma nova sede no Porto. A nova estrutura, inaugurada esta semana, é apresentada por Hélder Martins, diretor-geral da Blip, como o maior centro de produção tecnológica do Porto, com capacidade para acolher 410 profissionais. A empresa que integra atualmente 280 trabalhadores quer fechar 2016 com 300. Em entrevista ao Expresso, o líder explica quais são as suas prioridades de contratação.

O novo centro de produção tecnológica da Blip, no Porto, acolherá ainda este ano 300 engenheiros portugueses a desenvolver, em permanência, soluções de software para web e mobile. Para alcançar este número a empresa está atualmente a contratar 20 novos profissionais que deverão integrar a equipa ainda antes do final do ano. Hélder Martins, diretor-geral da Blip, o hub tecnológico da empresa de jogo online Paddy Power Betfair, adianta que construção da nova sede da empresa, que acolherá simultaneamente o centro de produção tecnológica, representa a aposta na consolidação da operação nacional da empresa e abre caminho ao seu crescimento futuro. Desde 2012, a Paddy Power Betfair investiu em Portugal €30 milhões de euros.

Atualmente são 280 os profissionais a trabalhar no novo centro de produção tecnológica da Blip, mas a estrutura foi pensada para acolher 410, “500, caso venha a ser necessário, e mediante algumas remodelações”, garante Hélder Martins. O diretor-geral acredita que a Blip chegará a estes números, mas a um ritmo menos intenso do que tem sido a sua prática de recrutamentos anual, cerca de 67 novas admissões a cada ano. Ainda em 2016, a empresa deverá integrar 20 novos elementos, mas a partir de 2017 o foco da Blip será “a otimização de processos e a solidificação da estrutura atual”, pelo que o ritmo de novas admissões deverá, segundo o líder, abrandar.

Foco na inovação
A Blip funciona como centro de competências em apostas desportivas do grupo Paddy Power Betfair, “desenvolvendo produtos de apostas desportivas para as marcas do grupo”, explica Hélder Martins. Os sistemas desenvolvidos pela empresa têm de conseguir lidar com os milhares de transações por segundo realizadas pelos milhões de clientes a marca tem espalhados pelo mundo. Por essa razão, e tendo em conta o seu foco constante na inovação, a Blip tem recrutamentos permanentemente ativos.

Para as 20 vagas atualmente disponíveis, Hélder Martins procura perfis de Javascript developers, Java developers, product owners, development security engineers, infrastructure automation engineers, drupal engineers, delivery managers e UI designers, mas o líder da Blip esclarece que “cerca de 80% dos nossos colaboradores são software developers e esse é o perfil que recrutamos mais, a maioria com licenciatura em Engenharia Informática”. Hélder Martins reconhece que contratar nestas áreas comporta desafios, tendo em conta a escassez de perfis qualificados...

 

Read more in Expresso Emprego